Psicologia Junguiana

imagem 86.png

       

       Essa abordagem terapêutica busca relacionar os aspectos inconscientes da personalidade aos aspectos já conscientes, utilizando-se de métodos como análise de sonhos, expressões artísticas, imaginação ativa, entre outros, que tem a intenção de revelar os sentidos e significados das imagens que surgem ao analisando, a fim de que cada vez mais conscientes de si mesmos, os indivíduos possam se sentir mais plenos e soberanos em suas vidas.

 

         Uma das coisas que também é muito importante na Psicoterapia Junguiana é buscar permitir que as pessoas fortaleçam seu potencial, sua criatividade e capacidade de lidar com os problemas de maneira mais tranquila e segura.

 

          Os conflitos que vivemos são uma oportunidade de olharmos para nossas vidas e de encontrarmos um meio de conviver melhor com nossas qualidades e defeitos. 

 

          A Psicoterapia parte do princípio de que existe um sentido para tudo o que ocorre na vida de todos nós – e esse sentido é a realização de um propósito maior em nossa existência. 

 

         À medida em que a terapia avança, podemos nos aproximar cada vez mais de nossa Natureza essencial. Esta possibilidade é o que permite o encontro íntimo e sagrado conosco e pode trazer a sensação de uma realização pessoal, mas mais do que isso, um sentimento de unidade com a vida.

 

Os sonhos

imagem 82.png

 

         Na Psicologia Junguiana, uma das principais ferramentas utilizadas na terapia são os sonhos. Os sonhos contêm imagens e associações de pensamentos que não são criadas pela intenção consciente. Eles aparecem de modo espontâneo, sem nossa intervenção e revelam uma atividade psíquica alheia à nossa vontade arbitrária. O sonho é, portanto, um produto natural e altamente objetivo da psique, do qual podemos esperar indicações ou, ao menos, pistas de certas tendências básicas do processo psíquico.

 

       Normalmente, o sonho retrata a situação interna do sonhador, cuja verdade e realidade o consciente reluta em admitir, ou não aceita de todo.

 

       Na psicoterapia, ao compreendermos o significado de um sonho, damos passos importantes em nosso desenvolvimento interior e nos abrimos a novas possibilidades que antes estavam ocultas devido à postura de nossa consciência ou devido a atitudes que nos desviavam do nosso verdadeiro caminho.